Chapada dos Veadeiros - Barra do Garças

  • 1° Dia - 24/12
Final de ano, empresa de recesso, não vou ficar aqui, tô quase tendo um troço aqui, preciso pegar estrada, depois de analisar e planejar, resolvi fazer um tour por 4 Estados, mas depois mudei de idéia, dinheiro limitado e pra conhecer mais a região da linda Chapada dos Veadeiros. Parti! 
Goiânia à Alto Paraíso, das 07:30 às 16:00 hs.  Chegando já fui logo procurar pousadas baratas, difícil achar, muito difícil, a maioria caras, não pago 200, 300 reais em hotéis nem morto, é jogar dinheiro fora (pra quem é rico é normal rs), vou nas de 40 à 70 no máximo rs. Com muito custo, achei uma por 70, vai nessa, cansado.
A cidade é tudo novidade. Tudo gira em torno do turismo de Ovnis, povo muito de paz e amor, aqui é só relaxar e curtir um mundo zen, sem se preocupar com violência, roubo, aqui pode deixar tudo do lado de fora rs. Incrível. Aqui tem aluguel de Bike onde as pessoas devolvem depois kkkk, faz isso em Goiânia rs
A noite é um show a parte, na rua principal tem vários Bistros e casas de comidas ambientadas no estilo colonial, muito lindo. Achei uma pizzaria, mais em conta rs. É noite de Natal, sozinho sentado em um banco da praça, lua cheia, lembrando do ano difícil, e o próximo ano sem esperança... tenso. Lembranças e solidão.


  • 2° Dia - 25/12
Natal, levantei cedo para visitar o ponto alto dessa viagem, conhecer a tão comentada Cachoeira de Santa Bárbara, no caminho encontrei o Paralelo 14, asfalto até Cavalcante, rodeando o espetacular parque da Chapada dos Veadeiros, depois, estrada de terra, local de difícil acesso mas compensa cada km e trilhas das belas serras e desfiladeiros. Localizado no município de Cavalcante, 120 km após Alto Paraíso, tb faz parte da Chapada dos Veadeiros, dentro da Comunidade dos Kalungas, descendentes de escravos, que vivem sustentavelmente até hoje, cobram 20 reais pela entrada mais 70 reais do guia obrigatório que pode ser dividido entre várias pessoas, (eles são muito profissionais), ainda bem que achei um brother pelo caminho rs. Na comunidade tem almoço, mas tem que reservar. Não dá pra sair dali, a energia nos prende! Pela região existe outras cachoeiras, mas está é imperdivel! 
Pela foto dá para ter uma idéia de como é lindo o lugar, não é PhotoShop, o local é assim mesmo! 
Saindo de lá, descendo a serra é outro show, fiz algumas tomadas de vídeos e peguei estrada de volta, descansar! 
A noite, passeio a pé, como sempre, pela cidade, curtir a regionalidade local e sua cultura, noite linda, apesar de feriado, tinha restaurantes abertos, fui em um muito legal, diferente, chamado "La Vita é Bella - Ristorante" comida Vegan, massas, entradas, pizzas, caldos, etc. 



  • 3° Dia - 26/12
Amanheceu chovendo (ha, tô nem aí rs), tinha decidido ir para São Jorge, 36 km daqui, a linda estrada até lá é incrível, contornando o parque, show. Chegando em São Jorge fui atrás de Pousadas baratas (putz, é chato isso, parece que o mundo é feito só pra ricos rs), todas acima de 100, 300 reais, foda. Pousadas simples, sem TV (faz parte do propósito do vilarejo) vila toda sem asfalto, habitantes no modo Zen ligado rs, artesãos, galera do paz e amor, etc. Legal, mas estava pra chover muito e não achei nada pra dormir e a cidade não me agradou. Voltei pra Alto Paraíso, achei outra Pousada Bougainville (Pq a outra não tinha mais vagas), essa é mais comum, não tinha Wi-Fi (não rola), mas não tinha outra opção, 50 reais tá ótimo rs. 
A tarde fui conhecer a Cachoeira Loquinha, 5 km da cidade, estrada de chão, é lindo o lugar também, são um conjunto de vários poços e cachoeiras subindo a serra, todas com águas limpas e transparente! Gostei de lá! 
Voltei e fui descansar pra noite. 
Fui comer e apreciar a noite festiva, feirinha de artesãos na pracinha, procurar um lugar barato pra comer, (tudo é caro), achei panquecas rs. Depois fui dormir e arrumar um carregador emprestado denovo, já que esqueci o meu em casa, terrível isso rs. Ainda bem que minha moto tem carregador rs.



  • 4° Dia - 27/12
Bora rodar, como vou pra Barra do Garças amanhã, vou escolher mais um lugar top pra ir, Vale da Lua, perto de São Jorge, 20 reais entrada, mas depois de chorar muito a moça fez por 15 rs. Um lugar diferente, parece mesmo com a superfície da lua, águas limpas e transparente, fazendo arte quando percorre as pedras, show. Voltei e na volta, no caminho fui almoçar no famoso "Rancho do Valdomiro" com seu famoso prato típico dos antigos habitantes, não lembro o nome rs, mas tava gostoso, simples mas gostoso, 20 reais o PF. Tem degustação de licores e pingas, à vontade! Fica bem no pé de uma enorme Serra!
Final de tarde é muito agradável, as pessoas na rua te dão oi, bistros e lanches vegans lotados pra todo lado, são uma atração a parte! Muito agradável. 


  • 5° Dia - 28/12
Tomei um café da manhã reforçado no hotel pra aguentar o dia sem comer, dia vai ser puchado hj. 

(Partiu Barra do Garças-MT). 

"Dificuldades todos nós temos, é o meio necessário para darmos valor à coisas que conquistamos. Apesar da dor complicada da minha pré-cirurgia que sinto, do inferno que me espera quando voltar, mesmo assim preciso disso tudo pra ter motivação. Essas dificuldades nos levam a buscar viver intensamente, pq o dinheiro não compra nada, nem felicidade. Não é por dinheiro, não é por poder, é por agradecimento à Deus pela visão do mundo, essa imensidão de belezas que alimentam a alma. 
A vida real sempre é prosaica, sem fantasias nem sonho. Há um período na existência do homem em que lhe parece não mais haver a precisa pressão psíquica do coração afim de que se lhe renovam os sonhos e as aspirações primeiras, figurando-se a sua situação espiritual cristalizada ou estacionária, e a alma como que em doloroso período de expectação e forçado silêncio, queda-se no caminho, contemplando os que passam, presas aos cordéis da rotina, das semanas uniformes e indiferentes. Mas isso não quer dizer que devemos nos entregar, supere-se! Não deixe o mundo dizer que o que você tem não dá pra fazer como o outro faz porque tem melhor. Busquemos nossa felicidade, corramos atrás! "

From Instagram: presidente_motropolis_mc


continuando...
Peguei a estrada mais árdua até hj: 750 km - 14 horas - direto sem almoçar e jantar, só parei 1 vez pra abastecer e quando cheguei em Barra às 10 da noite, morto de cansaço e dores, a parte ruim da motinha é que ela não rende rs, 100 na descida e 50 na subida rs. Pelo Google Maps não dava pra ver que a estrada é de terra, que no caso estava em lama, barro liso, areia, atoleiros, etc. Mas compensou cada cm. Foi tudo lindo! Um momento à sós com o cara lá de cima me mostrando parte de sua infinita beleza natural que fica escondidas entre as montanhas, picos, matas, lindas fazendas e pequenos povoados com aquelas pessoas simples que nunca viu muita coisa na vida..., estava em casa.  Na estrada não se via um ser vivo em horas. Quando pegava um trecho de asfalto dava uma descansada, mas logo outro trecho de 200 km, aff. Tinha hora que eu até estranhava o tanto que essa moto aguenta tanta porrada, credo.
Um dia se Deus permitir quero uma Tenere 250, aí sim vou mais longe rs.




  • 6° Dia - 29/12
O HOTEL (Pousada do Sol, na av. Beira Rio,  em Aragarças) 
Há, não é fazer propaganda não, mas gosto de falar de coisas boas rs. Amo Barra do Garças, tudo aqui é turismo farto e barato. Ontem a noite dei sorte de achar vaga nesse hotel que sempre fico, estou numa suíte no segundo andar, quarto grande, ar condicionado, TV com muitos canais (diferente dos outros hotéis baratos), minha cama da de frente à uma varanda com a praia,  o Rio Araguaia de frente, e a Serra do Cristo... Nem da vontade de sair da cama rs. 
Hotel tem piscina e toda estrutura de hotéis caros, há e anoite tem um Rodízio de Caldo liberado para os hóspedes, PUTZZZZZ, quer mais, espera até ver o Café da Manhã, que é isso! Parece um rodízio de tantas coisas gostosas, até nisso é de hotel caro. Nem almocei! 
PREÇOS:
Tá, vc deve estar chutando o valor, em Alto Paraíso, Pirenópolis, Goiás Velho, Caldas Novas, etc, essas outras cidades turísticas, um hotel desse naipe custaria numa faixa de 300, 400 reais (acho imoral pagar isso, pra rico nem tanto, mesmo assim é muito dinheiro).  Aqui é 50 reais. Foda né não! Kkkkk Isso pq ano passado era 45. 
Estou de cueca na cama até agora rs, não sei se olho a TV ou o Porto do Baé, Rio Araguaia, a Serra na frente rs. Aiai, preciso voltar pra realidade mesmo? 
Passei o dia aqui descansando, no ar condicionado, apesar da chuva dia todo, fui só na farmácia comprar um anti-inflamatório, minha dor tá foda, mas a noite promete! 
Anoite em Barra é outro paraíso, bares e Points não faltam por aqui, fui para o famoso Porto do Baé apreciar a paisagem e depois fui para um bar ao lado, onde trabalha um brother "Anderson Teneré" gente fina, lá comi algo mais em conta, macarrão rs, delícia! 
Voltei pro hotel e... Aquele caldo tá olhando muito pra mim, peraí... rsss agora preciso dar uma caminhada noturna nessa linda Av. Beira Rio, de Aragarças. 


  • 7° Dia - 30/12
Nossa, posso contar as vezes nessa vida que consegui dormir durante 9 horas seguidos sem pesadelos. O dia é outro nível de qualidade. 
Tomei aquele café da manhã sinistro rs, (economizar almoço é bom demais rs) e fui pro Clube das Águas Quentes, vir em Barra e não visitar o clube é igual ir no RJ e não ver o Cristo rs. Pena que tá muito caro a entrada lá, R$ 5,00 kkkk. É de uma qualidade impressionante, veja pelas fotos! Águas termais e relaxantes, top. Depois contornei a serra pra dar uma passeada pela cidade, show, fui pro hotel, e lá pelas 4 da tarde fui pro Porto do Baé, apreciar a paisagem, é revigorante sentar ali e ver o Rio passando e levando sua história. Um momento que queria eternizar. 
Enquanto isso, começa os preparativos para o Réveillon amanhã, palcos e sons. A festa já começou. Anoite promete! 



  • 8° Dia - 31/12/2015 
Último dia do ano (e daí? Não sou de datas, tudo futilidades) 
Peguei o dia pra ir na Serra do Cristo, mas pásmem, fechado para visitação, que? Mas tem 3 anos que está fechado, já era pra ter liberado hem, Anemmmm, tristeza rs. Mas vou postar umas fotos de décadas atrás em que era liberado, é lindo pra lá, serras, cachoeiras, mirante... 
Voltar pro hotel né, curtir por lá, até que está bom ficar lá rs. Pq quero descer mais cedo pro Porto, aproveitar mais o resto da diversão. Réveillon vem aí (grandes Bosta kkkkk) 

(fotos de 2011 e 2013):

Anoite tão esperada chegou, mas nada de mais tb. Como toda vez que venho aqui, vou comer no Caribe, um lugar top pra curtir a noite com camarote rs, pedi o mais barato e ainda assim saiu caro, bom que sobrou a metade que pedi pra levar e logo achei um pra doar. Como o fuso horário é diferente por que aqui não tem horário de verão, deu pra ver o ano novo chegar primeiro pela TV, e 1 hora depois curtir aqui. Nada de mais tb. Vou tentar dormir diante de tanto barulho até às 6 da manhã, vou sair cedo. 


  • 9° Dia - 01/01/2016 
Já acordei com sono rs, bora preparar pra voltar pra casa, é o pior momento, é bem tenso quando se lembra que a realidade existe, mas precisamos enfrentar, é hora de dar adeus e ir saindo... 
Almocei num lugar que sempre programo pra comer lá, é um restaurante de comida caseira peixe frito, fica a exato 138 km de Barra à Ipora, ou saindo de Ipora vc conta 42 km. É simples mas é diferente, vai por mim rs, conheço Gastronomia top! Veja as fotos abaixo. 
Cheguei em casa às 17:00hs, debaixo de muita chuva. 

Vamos aos dados:
9 dias, 2.127 km, 201 horas de prazer rs. 
Obrigado a todos que acompanharam, cadastre seu perfil aí como Seguidor. 





_________________________________________________________________________ 


DADOS DA VIAGEM:





AGUARDEM PRODUÇÃO FINAL DE FOTOS E VÍDEOS


_________________________________________________________________________ 

Meu Canal no Youtube:

Loading...